Guia de Londres

Dicas indispensáveis sobre Londres

Neste post, podes ficar a conhecer todas as dicas e sugestões sobre Londres. 
Palácio de Buckingham, Londres, Reino Unido
Palácio de Buckingham, Londres, Reino Unido

Sejam bem-vindos a Londres!

QUAL É A MELHOR ALTURA PARA CONHECER LONDRES?


Na minha opinião, a melhor estação para visitar Londres é durante a Primavera, durante os meses de março, abril e maio. No entanto, deves ter em conta que os ventos frios de março e os aguaceiros de abril podem muito bem fazer uma visita a Londres e acabarem por tornar os teus dias um pouco mais desagradáveis, com temperaturas a axilar entre 4ºC e 17ºC. Durante as restantes estações, nomeadamente no verão, digo os meses de junho, julho e agosto, Londres oferece dias verdadeiramente quentes, seguidos de tempestades e de céu bastante nublado. A temperatura média é de 22ºC durante esta estação. Já no Outono, entre os meses de setembro, outubro e novembro, Londres pode alternar entre dias quentes em setembro e temperaturas frescas e céu limpo em outubro, sendo que novembro é dos meses mais chuvosos da capital inglesa. Nessa época do ano, a temperatura mínima pode chegar a 6ºC e a máxima a 19ºC. Por último, no Inverno. entre dezembro, janeiro e fevereiro, é uma estação para a qual se deverá preparar, pois além do frio e da chuva, poderá enfrentar granizo ou neve, com temperaturas abaixo de zero e não muito acima dos 10ºC em Londres.

AS MELHORES ZONAS PARA FICAR ALOJADO


Londres está dividida por várias zonas. A zona 1 cobre quase toda a região central de Londres e é onde estão localizadas as principais atrações da cidade. Perto da zona 2, os hotéis são muito procurados, pois é a uma das melhores localizações para ficar alojado em Londres. Os hotéis em Londres começam a ficar mais baratos a partir da zona 3, pois quanto maior for a distância ao centro da cidade, menor é o preço. Recomendo que fiques entre as zonas 3 e 4 e que, se possível, escolhas um hotel que tenha uma estação de metro por perto.
Rapariga a olhar para a Tower Bridge, em Londres, UK
Tower Bridge, em Londres, Reino Unido

SEGURO DE VIAGEM INTERNACIONAL EM LONDRES


Existem vários tipos de seguro de viagem, estes incluem diferentes planos e coberturas como o seguro saúde e a assistência viagem. Verifica se cada um dos seus componentes são compatíveis com as suas necessidades, e que se adaptam ao contexto da sua viagem, neste caso à cidade de Londres.

CARTÃO DE CRÉDITO


Londres e o restante território do Reino Unido utilizam uma moeda diferente dos restantes países da Europa, a libra ou em inglês o pound. Antes de viajar, verifica as condições do teu cartão de crédito no estrangeiro, nomeadamente em Londres, através do teu banco. Verifique quais os procedimentos a tomar em caso de perda ou roubo.

APPs EM LONDRES

Antes de partires para Londres, recomendo que faças o download das seguintes apps ou aplicativos, pois estas são indispensáveis para facilitar ainda mais a tua viagem:
  • eLondresTOP5;
  • London City Mapper;
  • London Official City Guide (somente iOS);
  • Tube Map London Underground;
  • Bus London;
  • Walking London;
  • London Official Events Guide;
  • Toptable;
  • Tastecard;

Caso não estejas muito à vontade com o idioma inglês ou simplesmente não consegues acompanhar o sotaque do inglês falado em Londres, aconselho-te a descarregares um tradutor português / inglês em modo offline.

UTILIZAÇÃO DOS DADOS DO TELEMÓVEL EM LONDRES

A utilização dos dados móveis no estrangeiro pode sair bastante cara, especialmente para viajantes fora da Europa. Londres conta com vários pontos de wi-fi grátis, incluindo algumas estações de metro e eu recomendo que poupes os teus dados móveis e utilizes estes pontos. Para aquelas pessoas que não conseguem ficar 5 minutos sem internet, eu sugiro que consultem as vossas operadoras antes de chegarem a Londres e verifiquem quais são os limites diários de internet no estrangeiro, no caso europeu, e os pacotes de rooming internacional que podem adquirir com tarifas fixas para ligações em Londres, 3G/4G e serviço de SMS, no caso não europeu. Para evitar surpresas desnecessárias e desagradáveis durante a tua estadia em Londres, não te esqueças de ativar o modo de voo do teu telemóvel cada vez que não precises do telemóvel e de desativar o 3G/4G do teu telemóvel. Podes facilmente adquirir facilmente cartões pré-pagos em Londres com pacote de internet a partir de £10 ou até menos, no entanto estes chips só funcionam em dispositivos desbloqueados.
Trafalgar Square, Londres, Reino Unido
Trafalgar Square, Londres, Reino Unido

O QUE LEVAR NA MALA PARA LONDRES?

Recomendo que leves apenas o indispensável para Londres, pois é bem possível que queiras comprar alguma coisa e a falta de espaço na mala pode ser um problema. Por isso, é importante que reserves algum espaço na mala para as tuas novas aquisições em Londres. Caso venhas durante o inverno, prepara-te para levar mudas para vários tipos de climas. Uns ténis ou botas impermeáveis são peças indispensáveis, pois o tempo chuvoso faz parte do dia-a-dia de Londres. Mesmo que venhas durante o verão, de maio a setembro, joga pelo seguro e traz pelo menos um casaco que te proteja do frio, pois o clima de Londres pode ser bastante incerto. Não te esqueças de trazer um adaptador universal para as tomadas, de forma a conseguires carregar os teus aparelhos eletrónicos. No Reino Unido e especificamente em Londres, as tomadas possuem 3 saídas achatadas como podes ver na imagem.

MAPA DO METRO DE LONDRES

Utilizar o transporte público em Londres não é assim tão difícil como parece. No metro, as linhas são identificadas com cores e o mapa mostra as várias zonas da cidade pela qual o metro passa. Como Londres é dividida em quatro zonas - Norte, Sul, Leste e Oeste, deves estar familiarizado com as seguintes palavras “northbound”, “southbound”, “eastbound” e “westbound”, que indicam para qual dos lados o metro está-se a dirigir. O destino final vai ser sempre mostrado na zona frontal do próprio comboio e nos ecrãs digitais disponíveis nos corredores e nas entradas da estação de metro de Londres.

HORÁRIO DE LONDRES

Nem tudo em Londres funciona durante 24 horas, como é o caso das farmácias, restaurantes e supermercados. Aos domingos, algumas atrações e museus em Londres fecham mais cedo e as igrejas costumam estar fechadas ao público, estando apenas abertas para se darem missas e outro tipo de serviços específicos religiosos. O comércio e restauração em Londres abre, mas também pode fechar mais cedo ou com um horário específico. Aconselho que verifiques os horários de funcionamento das várias atrações de Londres nos sites oficiais ou no google maps de forma a evitar surpresas.

TAX FREE EM LONDRES (PARA NÃO EUROPEUS)

Alguns viajantes podem beneficiar na sua viagem a Londres da da isenção do imposto sobre o valor acrescentado, o IVA em português e VAT em inglês, ao contrário dos residentes da União Europeia. Conhecido como Tax Free, podes recuperar até 20% do valor da compra de um determinado produto, em Londres e nas restantes cidades europeias. Algumas lojas exigem um valor mínimo de despesa de forma a entregarem-te o formulário VAT 407, formulário indispensável na hora de solicitar a devolução do dinheiro no aeroporto, sendo imprescindível mostrar o passaporte.

Após feitas as compras e já no aeroporto, de Londres ou qualquer um da Europa, procura o balcão que dize Tax Refund, antes de fazeres o check-in. Entregue o formulário preenchido, as faturas e mostrados os bens comprados em Londres, as autoridades competentes irão apresentar algumas formas de devolução, sendo que as duas mais utilizadas são: em dinheiro e via cartão de crédito (este último pode demorar até 3 meses após regressar de Londres até ser totalmente devolvido).

Solicite o reembolso no teu último destino, já de volta a casa. Mesmo que tenhas passado por vários países, este único procedimento vale para todas as compras feitas nos países da União Europeia e em Londres.

O tax free só é válido para bens e serviços adquiridos nos últimos 3 meses.
Piccadilly Circus, Londres, Reino Unido
Piccadilly Circus, Londres, Reino Unido
Agora que sabes tudo o que precisas para viajar a Londres, do que estás à espera? Aproveita, porque o melhor da vida é viajar!

Este e outros artigos em: Truques e Dicas


Comentários

  1. Guia muito útil, especialmente na secção dos dados móveis. Na minha próxima viagem, vou tentar utilizar esses pontos de wifi gratuitos.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário