Guia turístico em Nova Iorque


GUIA TURÍSTICO EM NOVA IORQUE 

3 ROTEIROS DIFERENTES

Avenida na Times Square, em Manhattan, em Nova Iorque, EUA

Nova Iorque é uma cidade enorme, com muitas opções e atrações novas a cada dia, e seria preciso muito tempo para conhecê-la por inteiro. Até mesmo os moradores da cidade se surpreendem com sua capacidade de se reinventar e oferecer novas opções de entretenimento a cada estação do ano. Por isso, um bom roteiro em Nova Iorque é a diferença entre conhecer ou não o que a cidade tem de melhor, de acordo com a preferência de cada um.
Este guia turistico de Nova Iorque podes encontrar sugestões, indicações e informações sobre atrações clássicas e contemporâneas da cidade, organizadas e agrupadas por proximidade, para que o tempo seja sempre muito bem aproveitado.
Neste guia podes encontrar os seguintes guias:

ROTEIRO 1 – CENTRAL PARK / MIDTOWN
ROTEIRO 2 – DOWNTOWN / BATERY PARK / LADY LIBERTY / WALL STREET
ROTEIRO 3 – BROOKLYN / FLATIRON DISTRICT / EMPIRE STATE / MSG
GUIA PARA MUSEUS
GUIA DE COMPRAS EM MANHATTAN


Para isso, procura analisar os roteiros dos destinos do teu destino antes de viajar. Observe as dicas, os mapas indicados, faça uma comparação das distâncias em relação ao teu hotel. Verifica se as linhas de metro que passam pelo bairro em que estarás hospedado.  Podes adquirir um mapa do metro em qualquer estação, ou, melhor ainda, o mapa do City Travel Advisory Bureau de Nova Iorque, que consegue na receção do seu hotel, também será de grande utilidade. Durante a viagem, à noite, antes de dormir, procure planejar o roteiro do dia seguinte e lembre-se de associar com o dia da semana (a noite de segunda feira não é tão animada como a de sexta e sábado, por exemplo, e algumas atrações, como museus e parques, costumam ficar muito cheias nos finais de semana). E, por último, não te esqueças de levar o teu roteiro, impresso ou em formato digital, sempre contigo. Se preferires o roteiro impresso, nossa sugestão é separar e levar na bolsa o roteiro e os mapas de cada dia. Esses cuidados vão trazer maior confiança e segurança, e vais poder andar pelas ruas de Nova Iorque como um nova-iorquino. 
Sabendo o que cada ponto de interesse oferece, poderás montar sua programação de acordo com suas preferências e com o que mais gosta de fazer.
E vai conhecer Nova Iorque pelos ângulos que realmente importam. Boa Viagem!

ALGUMAS ORIENTAÇÕES PRÁTICAS ANTES DE COMEÇAR A SUA VIAGEM EM NOVA IORQUE
Bem-vindo a Nova Iorque, uma cidade capaz de agradar a todos os gostos, com parques, cafés, gastronomia, espetáculos, museus, galerias de arte, compras, vida noturna, paisagens arrebatadoras, uma infinidade de cenários para explorar e nenhum tempo a perder. Mas não faça do seu passeio uma correria. Aproveite cada minuto nesta maravilhosa cidade para contemplar e apreciar com calma as atrações, porque não vai será em apenas alguns dias que irá conhecer Nova Iorque por inteiro, e terá mesmo que visitar a cidade novamente.
Os roteiros estão listados por disposição geográfica, com opções e sugestões. Muitas vezes será necessário fazer escolhas. Não há ordem a ser seguida, mas preste atenção para o dia da semana que podes escolher para seguir um determinado roteiro. Algumas atrações têm dias e horários de funcionamento específicos e outras oferecem gratuidade em determinados dias da semana, deve planear os dias se quiser aproveitar essas oportunidades. Ao longo do dia, fique atento ao relógio, pois algumas atrações fecham cedo, outras têm horários diferenciados e tudo vai depender das suas preferências e prioridades. 
Nos meses do verão (especialmente julho e agosto), nos finais de semana, feriados e férias escolares, as filas para as atrações em Nova Iorque podem demorar bastante. Se for o caso, procure chegar o mais cedo possível, normalmente antes das 10h, quando a maioria delas abre para o público. As filas são sempre menores no início da manhã.
Procure adquirir bilhetes com antecedência, evitando o desgaste em filas. Consulte o website de cada atração, indicados ao longo deste guia nas palavras grifadas em azul, e não deixe de fazer as contas para avaliar se vale a pena adquirir o CityPass de Nova Iorque. Para os Espetáculos da Broadway, em geral, deve comprar online, aí para além de receber algum desconto em compras online antecipadas, também ganhar algum tempo. O mesmo é recomendado para reservas em restaurantes em Nova Iorque. Nesses casos, use o OpenTable.
Em Manhattan, Nova Iorque, «Downtown» refere-se à zona baixa ou a sul (região do Distrito Financeiro, mais próxima da Estátua da Liberdade), Uptown, ao sentido norte (região do Central Park para cima) e Midtown, ao que fica entre um e outro. O que está à esquerda do Central Park é considerado West (oeste) e o que está à direita, East (leste). 
O transporte público em Nova Iorque é a melhor opção para se mover pela cidade, e, para utilizá-lo com maior segurança, elaboramos um pequeno guia sobre metro e autocarro da cidade, disponível nas seções “ENTENDENDO O METRO DE NOVA IORQUE” e “AUTOCARRO  EM Nova Iorque” deste guia. 
Prepare-se para longas caminhadas. Um sapato confortável será essencial. Fazer várias paradas ao longo do dia também. Se chover, ou se por qualquer motivo não quiseres fazer todo o percurso a pé, pegue o metrô da estação mais perto de onde estiver até a próxima atração do roteiro. 
Como o tempo é precioso, e os restaurantes e lanchonetes da cidade estão sempre cheios, sugiro que procures antecipar as refeições, como por exemplo: café da manhã (7h), almoço (11h) e jantar (18h), quando os estabelecimentos ainda estão vazios. Se necessário, faça um lanche entre uma refeição e outra.
E por falar em refeições, é bom lembrar que em Nova Iorque há uma delícia a cada esquina e ninguém consegue experimentar tudo ao mesmo tempo, portanto, aqui vão duas dicas preciosas: 
Comprar e levar para viagem os lanches que forem de seu interesse (cheesecakes, donuts, bagels, cupcakes, cookies, dumplings, etc.). Sempre vai haver um parque, uma praça ou simplesmente um banco de calçada para saboreá-los enquanto descansa e aprecia a cidade. Leva também para comer no hotel.
Dividir as refeições e lanches, que geralmente são fartos, com as outras pessoas do seu grupo. Dessa forma, poderão experimentar várias delícias diferentes.
Refeições leves e rápidas (que normalmente incluem uma sanduíche, sopa ou salada) costumam ser vendidas em cafés, pubs, supermercados e até farmácias, e não gastarás mais de U$10. Não esqueça que as pizzas de Nova Iorque sempre valem a pena, mesmo as de 1 dólar por fatia (mas faça como os nova-iorquinos: fatia dobrada no guardanapo ou no prato de papelão, sem talheres). 
As sugestões para passeios noturnos serão detalhadas à parte e depois sugeridas para encaixar a cada final de dia. Assim podes escolher a que mais lhe agradar e/ou agregar às atrações já reservadas com antecedência, como por exemplo, espetáculos ou eventos esportivos. Preços, horário de funcionamento, etc. são conferidos na data da revisão do Roteiro. Recomendamos a confirmação destas informações no website das atrações, pois pode haver alterações.
Esse Mapa de Viagem está organizado com dinâmica interativa, apresentando diversos links, para que tenhas liberdade de selecionar as informações e os caminhos que preferir. Além de visualizar mapas com localização, medição de distâncias e tempo, permite também a escolha de seu próprio recurso de leitura, em meio impresso ou digital. 

NAS SEGUINTES ATRAÇÕES, RECOMENDO A COMPRA ANTECIPADA DE BILHETES OU RESERVA:
CityPass de Nova Iorque  - Inclui: Visita ao Empire State Building; Deque de Observação do Top of the Rock; Museu de História Natural de Nova Iorque; Memorial & Museu do 11 de Setembro; Estátua da Liberdade e Ilha Ellis; Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque; Cruzeiros da Circle Line; Museu Intrépido do Mar, Ar & Espaço; Museu Guggenheim; Cruzeiros de Turismo Hornblower de Nova Iorque. Preço: Em torno de US$ 207.00 (mas eles estão sempre fazendo promoções e o preço pode ficar bem menor, confira no site). Comprar um CityPass só vale a pena se visitares a maioria desses lugares. Lembre-se que o Metropolitan e o Museu de História Natural em Nova Iorque têm preço sugerido, ou seja, pagas o valor que quiser ou que achares justo.
Madison Square Garden – Também conhecido como MSG ou The Garden, é um complexo de quatro arenas onde são realizados shows e eventos desportivos. A possibilidade de assistir a um jogo da NBA e de conhecer o Madison Square Garden por dentro já faz valer os preços dos bilhetes, que podem ser adquiridos na bilheteria do estádio ou pela internet. Recomendo comprar com antecedência e evitar os cambistas. Consulte a programação e compra de ingressos para eventos de basquete (NBA), hockey no gelo, shows de música, peças de teatro e lutas de boxe no Ticketmaster de Nova Iorque.
Radio City Music Hall - Um dos teatros mais famosos de Nova Iorque. Faz parte do Rockefeller Center e está localizado na Sexta Avenida, bem ao lado do Top of the Rock e do MoMA. É onde acontece o tradicional e disputadíssimo show de natal Radio City Christmas Spectacular. Mas há espetáculos o ano inteiro, com as Rockettes, dançarinas do concorrido ballet do Radio City Music Hall, consideradas não só as melhores de Nova Iorque, como também as melhores do mundo. Sugestão: assista a trechos das atrações no Youtube para escolher a de sua preferência.
Espetáculos da Broadway - Aqui um cuidado especial: Se não falas ou não entende muito inglês, dê preferência a espetáculos que tenham áudio de tradução para português no teatro ou que possuam enredo e história simples e fáceis de seguir. Outra boa opção é escolher uma produção que seja inspirada em algum filme ou livro popular que já conheça a história (Alladim, Rei Leão etc). Produções enormes, com belos cenários e figurinos, danças incríveis e boa música, também costumam impressionar e agradar a todos. Sugestão: assista a trechos das atrações no Youtube para escolher a de sua preferência.
Lincoln Center de Nova Iorque – Os espetáculos vão, desde teatro, dança e óperas, até orquestras sinfônicas e cinema, indo do clássico ao contemporâneo. Além dos eventos sazonais, apresenta uma série de festivais anuais, como Mostly Mozart, Lincoln Center Festival e American Songbook. Mais de 20 locais para apresentações tais como o Avery Fisher Hall, que abriga a Filarmônica de Nova Iorque, o Metropolitan Opera House (melhor lugar para apreciar ópera na cidade), o State Theater de Nova Iorque, sede do City Ballet de Nova Iorque e da City Opera de Nova Iorque, e o Vivian Beaumont Theater, um dos principais redutos de teatro alternativo dos Estados Unidos.
Rooftops e Restaurantes da Moda em Nova Iorque – Rooftops são bares nos terraços dos prédios, que geralmente oferecem paisagens espetaculares da cidade. São disputadíssimos, assim como os restaurantes mais badalados da cidade. Portanto, para não ficar à espera em filas, ao visitar qualquer estabelecimento nesse estilo, recomendo que reserves a tua visita com antecedência, através do OpenTable. Ou então, chegue cedo.
Nova Iorque é uma cidade que deve ser apreciada de dia e de noite. Programe-se para não ficar cansado antes do anoitecer.

SUGESTÕES PARA NOITE EM NOVA IORQUE
Times Square - De dia ou de noite, sempre repleta de turistas e com seus letreiros luminosos. Impossível não se encantar! Perca-se no meio das luzes e da agitação, mas não perca de vista os melhores pontos do local:
R Lounge - $$ - Sétima Avenida, 714 – Rooftop situado no Renaissance Hotel, entre a Rua 48 e a Sétima Avenida. A vista panorâmica da “esquina do mundo” é inacreditável. Acima das multidões e da loucura de Times Square, uma visão escondida e espetacular das luzes brilhantes e dos táxis amarelos! Abre às 21h.
Avenida em Manhattan, Nova Iorque, EUA

The View Restaurant – $$$$ - Broadway, 1535 - Restaurante giratório, no 68º andar do Marriot Hotel, típico para turistas. Uma visão de 360º no coração de Nova Iorque. O buffet gira em torno de US$100 por pessoa. Necessário fazer reserva.
Hard Rock Cafe – $$ - Broadway, 1501 - Como tudo em Times Square, é bem movimentado e com localização excelente. Merece uma visita.
Planet Hollywod - $$ - $$$ - Bem ao lado da Disney Store - Clima de cinema, desde as roupas e objetos usados em filmes famosos, à trilha sonora. Boas opções e bons preços.
City Kitchen – Oitava Avenida, 700 - $$ - No segundo andar do Hotel Row Cidade de Nova Iorque, o City Kitchen oferece comida mexicana, japonesa, americana, sanduíches e doces maravilhosos. Pertinho de Times Square, o acesso é através de uma portinha na calçada que quase passa despercebida. Imperdível: Donuts do Dough. 6h30 às 21h
Também valem uma visita, a grande loja da Disney  (Broadway, 1540) e a M&M’s World (Broadway, 1600), que são verdadeiras atrações turísticas.
Hell’s Kitchen - $$ - Caminhe algumas quadras em direção à 9ª Avenida de Nova Iorque e vais encontrar inúmeros restaurantes, um ao lado do outro, com muitas opções de cozinhas de diferentes partes do mundo.
Bar 54 Rooftop Bar & Lounge - $$$ -Na cobertura do 54° andar do Hotel Hyatt Centric (Rua 45 West, 135). Em ocasiões especiais, o Bar ganha decoração diferenciada e isso torna a noite ainda mais especial. Tem uma área descoberta, com vista do Skyline de Nova Iorque, lareira e cobertores para os dias mais frios. O Bar 54 pode ser visitado em todas as estações do ano. Abre às 16h.
Harbor Lights Cruise - Cruzeiro Noturno - $$$ - Boa opção para quem procura uma forma diferente e sofisticada de admirar a paisagem da cidade. Parte ainda com luz do dia, contempla Nova Iorque do Rio Hudson ao Rio East (com Estátua da Liberdade) ao entardecer e vê a cidade se acendendo no início da noite (bonito até mesmo em dias feios). US$ 39 e dura 90 minutos. O Harbor Lights Cruise da Circle Line sai do Píer no Rio Hudson à altura da Rua W 42 (perto de Times Square e Hell’s Kitchen); Atenção: Dependendo da época do ano, pode fazer muito frio neste passeio durantes os meses de inverno de Nova Iorque. Recomendamos reservar.
North River Lobster Company - $ - Pier 81, Décima Segunda Avenida com Rua 41. Barco-Bar. 30 minutos navegando no Rio Hudson. Horários: Seg–Qui 16h–21h; Ter FECHADO; Qua 16h–21h; Qui 12h-21h; Sex / Sab 12h-22h; Dom 12h-21h. Preço $10.
Lower East Side (LES) - $$ - Se gostares de curtir a noite, uma esticada no Lower East Side, mesmo que seja breve, é programa imperdível. O bairro tem ótimos bares, cafés, restaurantes e uma vida noturna intensa acontecendo por lá todas as noites até altas horas.
Espetáculos: Broadway; Radio City Music Hall; Linconl Center; Carnegie Hall; Jogos da NBA no Madison Square Garden - Recomendamos compra de ingressos antecipada.
Rooftops (Bares em Terraços) – É onde todos querem estar. Geralmente abrem a partir das 16h. Algumas sugestões:
230 Rooftop (Flatiron District) – $$ - 20º andar do prédio 230 da Quinta Avenida. Tem uma decoração glamorosa e vista 360º de Midtown. A vista para o Empire State é de tirar folego. Principalmente ao entardecer/anoitecer, quando o edifício vai se iluminando em cores diversas. O bar oferece drinks e petiscos e, caso esteja fazendo frio, também oferece divertidos casacos vermelhos com capuz. Se tiveres bilhetes para o Madison Square Garden, fique por lá até a hora do jogo. 
Top of the Strand – $$ - 33 W 37th St -  No 21º andar do Marriott Vacation Club Pulse, um Rooftop com vista espetacular para o Empire State. Abre às 17h.
Local West – $$ - 1 Penn Plaza, Rua 33 e Oitava Avenida - O Local West é um bar/café situado ao lado do Madison Square Garden, com ambiente descontraído, cardápio mexicano e americano, espaço indoor e outdoor.
W Downtown Rooftop Bar - $$$ - Ao lado do One World Trade Center, o bar oferece uma vista impressionante do Centro Financeiro de Nova Iorque. Especialmente recomendado para as noites mais quentes do ano.
Top of the Rock ou Empire State – Paisagens noturnas espetaculares.

ENTENDENDO O METRO DE NOVA IORQUE
Importante: Procure definir o itinerário ainda na superfície, antes de entrar na estação.
Os trens podem ser locais ou expressos e são definidos por cores, números e letras. Os trens locais param em todas as estações, os expressos não. As estações em que os trens expressos param são indicadas no mapa do metrô com um símbolo branco. Em caso de erro, para mudar de um trem expresso para um trem comum, em geral, basta mudar de lado na plataforma. 
Preste atenção nas placas. Algumas estações têm entradas separadas para trajetos Downtown e Uptown. Se pegar o metrô na direção errada, o que é muito comum, siga até uma estação que permita a troca, pois, se saires da estação e entrar novamente, na estação correta, vai ter que esperar 20 minutos para poder passar o cartão outra vez. 
Na entrada das estações, observe os sinais verde e vermelho no alto da escada: verde indica que está sempre aberta, vermelho significa que a entrada fecha em determinadas horas do dia, em geral, tarde da noite.
Atenção: todas as regras mudam nos finais de semana e feriados. Algumas linhas se juntam a outras, que ficam sem funcionar. Às vezes as indicações só são visíveis quando já se está na plataforma. Algumas estações nem abrem. Consulte o site para verificar as alterações.
Linhas designadas por números: Têm traçados retos e se atêm a um dos lados da ilha.
Linhas designadas por letras: Cruzam a ilha e, de vez em quando, possibilitam baldeações.
O melhor recurso para não errar é baixar um App - os melhores são o HopStop (para Apple) e o NYCMate (para Android).
Atenção às letras miúdas e às graúdas também - O metro de Nova Iorque está o tempo todo gritando instruções em cartazes de todos os tipos e tamanhos postados no seu caminho. De modo geral, as informações localizadas ao longo das plataformas se referem às linhas que passam por ali. As tabuletas postadas de maneira perpendicular aos trilhos se referem a outras plataformas.

COMPRANDO UM METRO CARD
O MetroCard é um cartão eletrônico que pode ser comprado em qualquer estação de metrô e inclui  metrô e autocarro, entre outras formas de transporte público. Tudo funciona através de toque na tela. Pressione start, escolha inglês ou espanhol e, em seguida, MetroCard, que é o cartão magnético.
Podes escolher entre Pay-Per-Ride e Unlimited Rides.
Para esse roteiro, nossa sugestão é o Unlimited Rides de uma semana. É uma boa alternativa para quem vai ficar uma semana na cidade e/ou vai andar muito de metrô. Custa US$ 30 e possibilita viagens ilimitadas por sete dias corridos. Nessa modalidade, o cartão é obrigatoriamente individual. Ao passar na catraca, ele fica bloqueado por vinte minutos, impossibilitando o uso por um novo passageiro. Mas, atenção, ao final de uma semana ele será bloqueado e terá que ser recarregado.
Na alternativa Pay-Per-Ride, podes carregar um valor entre US$ 5 e US$ 100, e a cada viagem seu cartão magnético vai ser debitado em US$ 2,50. Se seu crédito esgotar, basta passar pela máquina e recarregar com mais dólares. Nessa modalidade, o cartão pode ser usado por várias pessoas simultaneamente; a cada passagem do cartão no sensor, serão debitados US$ 2,50.
Em ambos os casos, dá para pagar com dinheiro (o troco máximo fornecido pela máquina é de US$ 6) ou com cartão de crédito. Uma dica para quem quer pagar com cartão: lá pelas tantas a máquina vai pedir o seu zip-code (o CEP americano). Ponha qualquer número de cinco dígitos e a máquina vai aceitar. A emissão do cartão custa US$ 1. 

AUTOCARRO EM NOVA IORQUE
Os autocarros de Nova Iorque normalmente não são muito lotados e podem ser uma maneira interessante de passear pela cidade. Além disso, são menos complicados do que o metrô e em muitos momentos os dois transportes se complementam.
Eles são especialmente úteis para ti se deslocar de Leste para Oeste, (da Primeira à Décima Avenida), já que quase não há linhas de metrô nesse sentido, e para percorrer um longo trecho quando bate o cansaço.
Do Central Park (Rua 96) até a Rua 14, a maioria das linhas de Manhattan (as que têm um M antes do número) apenas sobe ou desce uma única rua ou avenida; assim não te precisas de preocupar em decorar as linhas de autocarro. Se quiser ir, por exemplo, do Metropolitan até o Rockefeller Center, pegue qualquer autocarro (M) que esteja descendo a Quinta Avenida.
Para trocar de linha de metrô, usar o autocarro também é uma ótima solução. Sais da estação e pega um autocarro no sentido Leste-Oeste até a outra estação. Essas baldeações costumam ser fáceis e divertidas.
Essas linhas, que percorrem uma única rua e que seguem sentido Downtown/Uptown ou East/West são as que iremos indicar nesse Guia, sempre que necessário.

FIQUE ATENTO A ALGUNS DETALHES
A passagem não pode ser paga em dinheiro. Deverás usar o MetroCard, (o mesmo cartão do Metrô).
Os motoristas anunciam a próxima parada, mas muitas vezes é impossível entender, portanto, preste atenção nas ruas.
Para descer do autocarro, é só dar sinal puxando a cordinha ou apertando o botão. Mas a porta não se abre automaticamente. Deverás aguardar que a luz acima da porta fique verde. Depois pressione a faixa amarela que há na porta. Quando a porta se abrir, permaneça segurando, pois ela também fecha sozinha. Se a luz verde acima da porta não acender, não adianta apertar a faixa amarela, pois ela não vai abrir. Isso acontece quando o motorista esquece de liberar a porta de trás. Nesses casos é só solicitar ao motorista com um “Back door, please!”
Há várias linhas de autocarro em Nova Iorque que vão para os subúrbios. Basta olhar para as letras do início da linha e, se for diferente de M (Manhattan), o seu MetroCard pode não servir ou o autocarro pode não ir até onde queres. Na dúvida, pergunte ao motorista.



ROTEIRO 1 – CENTRAL PARK / MIDTOWN

MANHÃ NO CENTRAL PARK
Lago no Central Park, em Manhattan, em Nova Iorque

Como chegar: A região é atendida pelas linhas de Metrô 1, A, B, C, D, F  (desça na Estação de Columbus Circle) ou  N, Q, R, W (desça na Estação da Rua 57). Faça baldeação se for necessário.
-      Café da Manhã ou Brunch em Grande Estilo: 
Sarabeth’s – $$ - $$$ - Rua 59, 40 - Central Park South – Necessário fazer reserva. 
Como chegar: Caminhe pela Rua 59, em direção à Quinta Avenida. Fica na quadra entre a 6ª e a 5ª Avenidas. Veja o Mapa. Clique no bonequinho  
-      Café da Manhã ou Brunch Informal em Columbus Circle (mas nem por isso menos interessante)
A estátua no centro de Columbus Circle é de Christopher Columbus, ou, como conhecemos no Brasil, Cristóvão Colombo. 
Le Pain Quotidien - $$ - $$$ - Sétima Avenida, 922 – Refeições leves e saudáveis. 
Turnstyle – $ - $$ - Espaço gourmet localizado na dentro da estação de Columbus Circle.  Imperdível: O boliviano Llama Party, único restaurante boliviano de Manhattan, que surgiu em Smorgasburg (feira gastronômica super badalada de Williamsburg). Experimente uma salteña, massa folhada com recheio de carne assada. 
Bouchon Bakery – Times Warner - $$ - em frente à estação de Columbus Circle, do lado oposto ao Central Park, um shopping com a primeira mega store da Amazon e vista privilegiada do Central Park. Ótimas fotos. Veja o Mapa.  
No Central Park, terás a opção de caminhar tranquilamente pelo parque ou, se preferir, alugar uma bike.
Se optares pela bicicleta, vai ter que prestar muita atenção a dois itens importantes: o relógio, para a devolução do equipamento; e o mapa, porque é muito fácil se perder e acabar não localizando as atrações principais, aumentando o risco de perder a hora. Fique atento a dois outros detalhes importantes: As principais vias do parque possuem mão e contra mão para bicicletas, e em alguns lugares não poderás passar pedalando, apenas empurrando. 
Alugue uma bike por três horas. Duas horas dá para pedalar o parque todo, mas só pedalar e parar para fotos em alguns pontos. Para ter mais tempo e realizar o passeio com mais calma é melhor acrescentar mais uma horinha. 
Alugar Bikes Central Park Bike Tours, Rua 58 West, 203.
Central Park – Acesso da Sétima Avenida com a Rua 59.       
Siga pela Center Drive até a The Mall, a grande “avenida verde do parque” cheia de esculturas de escritores e compositores famosos. De lá, siga para a Bethesda Fountain and Terrace um dos atrativos mais icônicos e famosos do Central Park, cenário de muitos filmes e séries gravados na cidade. Aprecie a vista na parte de cima (o terraço). Lá em baixo, bem no centro, geralmente fica o “Bubble Men”, um sujeito que faz bolhas de sabão gigantescas, para alegria da criançada. É um espetáculo lindo e especialmente divertido. O túnel que passa por baixo do terraço é todo decorado com ladrilhos coloridos, vais passar por ele, em direção à fonte. Aproveite também para curtir por algum tempo os músicos que ficam tocando por lá. Após apreciar e fotografar, pega o caminho à esquerda, que leva até a Bow Bridge, a ponte mais famosa do Central Park. Novamente é hora de apreciar e fotografar a beleza do local. 
Sugestão Almoço / Brunch em Grande Estilo Nova-Iorquino, se estiveres a passear pé: 
The Loeb Boat House Restaurant – $$$ - Rua 72 East – Central Park - Necessário fazer reserva. 
Se for para almoçar no Loeb Boat House, volte, passe pela fonte e siga pela direita até o restaurante. 
Sugestão Almoço / Brunch informal, ao ar livre e muito agradável, principalmente se estiveres de bike (fique atento ao tempo para devolução).
Le Pain Quotidien- $$ - $$$ - Rua 69 West, 2 – Central Park. Não é necessário fazer reserva, mas evite os horários de pico. 
Se for para almoçar no Le Pain Quotidien, siga pela esquerda, passe pela Cherry Hill Fountain e cruze a Terrace Drive.
Após o almoço, um pouco para a direita está o Conservatory Water, conhecido também como Model Boat Pond, o lago em Nova Iorque onde, aos finais de semana, acontecem as corridas de barcos em miniatura. É também uma área mais familiar, com as famosas estátuas gigantes do  escritor de histórias infantis Hans Christian Andersen (autor de “O patinho feio”) e de Alice no País das Maravilhas. Segue em direção a sul de Nova Iorque, já voltando para a saída do parque.  
No final de outubro é aberto o Rink de Patinação Wollman Ice, no verão, o local dá lugar a  um parque de diversões. Para quem viaja com crianças ou gosta de observar os animais, o  Central Park Zoo de Nova Iorque é uma atração que vai agradar toda a família.

TARDE EM MIDTOWN EM NOVA IORQUE
Ao sair do Central Park pelo portão próximo ao Zoológico, vais encontrar em frente ao The Plaza, um dos hotéis mais famosos e tradicionais de Nova Iorque. Além de sua beleza arquitetónica, esse hotel já foi cenário de filmes e séries de televisão como Esqueceram de Mim 2, Crocodilo Dundee, Perfume de Mulher, Sintonia de Amor, Friends e Gossip Girls. Se entrares no Plaza pela Rua 59 e desceres a escada rolante e vais ver na plaquinha: The Plaza Food Hall.
The Plaza Food Hall – $$ - $$$ - Rua 59 West, 1 - Espaço aberto ao público, que conta com diversas opções para café da manhã, lanche, almoço e jantar em Nova Iorque. Uma espécie de praça de alimentação chique, que reúne várias lojinhas gourmets. Também pode comprar e levar para a viagem. 
Saindo do Plaza irás encontrar, logo em frente, na Quinta Avenida, a Apple Store da Quinta Avenida, a loja que é praticamente uma atração turística, com seu cubo de vidro e os eletrônicos mais cobiçados da cidade.
Descendo pela Quinta Avenida no sentido sul (Downtown), vais passar à frente da famosa joalheria Tiffany´s (Quinta Avenida, 727), da Trump Tower (Quinta Avenida, 725) e lojas de grandes marcas como Chanel, Gucci, Armani, Bergdorf Goodman, Dolce & Gabbana, Microsoft, Prada, Rolex, Louis Vuitton e também marcas mais acessíveis como Abercrombie & Fitch, Sephora, Uniqlo, Zara, Urban Outftters, etc.
MoMA – Rua 53 West, 11 – Se essa visita estiver na sua lista de preferências, esse é o momento. Tempo médio de visitação: três horas.

THE MUSEUM OF MODERN ART DE NOVA IORQUE– MoMA
Localizado em Midtown (Rua 53 West, 11), região central de Manhattan, o MoMA pode ser incluído em qualquer parte do seu roteiro. Com um dos mais ricos acervos do mundo, o museu apresenta obras permanentemente expostas como: A noite estrelada, de Van Gogh; Nenúfares, de Monet; A persistência da Memória, de Salvador Dalí. Há também obras de Pablo Picasso, Edvard Munch, Chagall, Brancusi e  muitos outros nomes. Além disso, há uma seção maravilhosa sobre o Egito, quadros da época do Império Romano e peças que datam do período Neolítico. A coleção contém acervos incomparáveis em todos os períodos seguintes da cultura visual até a atualidade, incluindo formas modernas tão distintas quanto filme e desenho industrial, além de formas mais tradicionais. A coleção do MoMA oferece uma visão geral realmente única da arte moderna e contemporânea.
Um Audio Guide em diversos idiomas, incluindo o português, é oferecido gratuitamente no museu e também se encontra disponível para download no site do MoMa ou pelos aplicativos para iPhone e Android. 
Entrada incluída no CityPass de Nova Iorque - Horários: Quarta a Segunda feira - das 10h30 às 17h30 / Sextas feiras - Visitação gratuita, o que torna a procura bem mais intensa, porém as filas andam bem rápido. Na alta temporada fica um pouco mais complicado. Nesse período é interessante organizar a visita em horários alternativos, como entre 12 e 13h, ou pela manhã, período que costuma estar mais vazio. Uma visita noturna também é uma boa opção, já que o museu fica aberto até mais tarde neste dia: 20h / Terças-Feiras: FECHADO / Dia de Ação de Graças (Thanksgiving): FECHADO / Natal: FECHADO.
Preço: US$ 25.00 – Aqui não há o conceito de preço sugerido, como ocorre no Metropolitan e no Museu da História Natural. Crianças e adolescentes de até 16 anos não pagam. 

PLANO:
As obras estão distribuídas por temas pelos andares e uma boa estratégia é conhecer o museu de cima para baixo. Comece pelo último andar e vá descendo gradativamente de acordo com o seu interesse. 
Quarto e Quinto pisos— Pintura e Escultura - A coleção do MoMA inclui pinturas e esculturas do final do século XIX até o presente. Grandes galerias no segundo piso abrigam obras contemporâneas em todas as formas, e o Sculpture Garden traz obras-primas da escultura moderna.
Terceiro piso — Arquitetura e Design - Incluindo obras que variam desde objetos de design em larga escala e videogames até obras em papel e modelos arquitetônicos, a variada coleção de arquitetura e design do museu acompanha as principais personalidades e movimentos de meados do século XIX até o presente. Várias obras arquitetônicas brasileiras, entre elas a maquete do MASP (Museu de Arte de São Paulo) e obras do nosso renomado arquiteto Oscar Niemeyer.
Terceiro piso— Fotografia - O acervo de fotografia do MoMA acompanha a história desse meio a partir da década de 1840 em diante, representando tanto suas grandes personalidades criadoras quanto suas diversas aplicações em campos como jornalismo, ciência e comércio.
Segundo e Terceiro pisos— Departamento de Desenhos e Gravuras - A coleção abrangente de desenhos e gravuras do MoMA é composta por trabalhos sobre papel — a lápis, tinta, carvão, aquarelas, colagem e mídia mista — e obras criadas usando técnicas de impressão tradicionais como xilogravura, água-forte, litogravura e serigrafia, além de processos digitais mais novos, impressões múltiplas e livros de artista.
Galerias - Mídia e Arte Performática - O MoMA foi pioneiro em colecionar e expor arte baseada no uso do tempo na década de 1960, e seu acervo foi expandido para incluir imagens em movimento, instalações em filme, vídeo, performance, obras baseadas em movimento e som e outras obras que representam o tempo ou a duração e são criadas e apresentadas em um ambiente de galeria.
Salas— Cinema - Uma coleção internacional de obras cinematográficas incorpora todos os períodos e movimentos em mais de um século de cinema. As informações sobre as sessões diárias estão disponíveis no saguão do museu, no balcão de cinema e em MoMA.org/film.
MoMa Design Store - A loja do museu oferece um grande número de reproduções artísticas, objetos de design e livros sobre arte e design do mundo inteiro, bem como outros artigos que são desenvolvidos e produzidos exclusivamente pelo MoMa. Ótima opção para criativos presentes de Nova Iorque.  Fica ao lado do Museu.
Uniqlo – Quinta Avenida, 666 - Ótima para comprar roupas de frio, casacos e roupas térmicas. Bons preços.
Continuando pela Quinta Avenida, algumas quadras adiante, chegarás à Catedral de St Patrick (Quinta Avenida com Rua 51), a maior igreja católica de Nova Iorque e dos EUA.
A St Patrick's Cathedral, com seu estilo gótico, e suas duas torres grandiosas, que possuem quase cem metros de altura, contrasta com a modernidade dos prédios construídos ao seu redor. Em seu interior, destaque para os vitrais coloridos, que ampliam a sensação de religiosidade do local; para o altar, decorado com o belíssimo quadro de Nossa Senhora de Guadalupe, e para a grande escultura de La Pietà, uma representação da Virgem Maria.
Bem em frente à St Patrick’s está o Rockefeller Center ou Rockefeller Plaza, referência na arquitetura Art Déco, um complexo de entretenimento com muitas atrações, lojas, restaurantes e uma praça com mesas e cadeiras. Durante a temporada de fim de ano, é montada a enorme árvore de Natal, com seus 30 metros de altura e instalada a pista de patinação no gelo, que abre diariamente, entre os meses de outubro e abril. Há excursões diárias em torno de Rockefeller Center, começando às 10h. Os aficionados por TV podem fazer tours pelos bastidores dos estúdios da NBC. Os passeios são realizados de 15 em 15 minutos e dão uma ideia da produção de programas como “NBC Nightly News” e “Saturday
Night Live”.  
Outro grande sucesso são os musicais no Radio City Music Hall, uma casa de espetáculos que é uma ótima opção para um programa noturno na cidade, oferecendo diversas apresentações de teatro, shows e musicais. Suas apresentações variam ao longo do ano, portanto, verifique o site e escolha a atração de sua preferência.
Mas, seja qual for a época do ano, um passeio ao Rockefeller Center deve incluir a visita ao observatório Top of the Rock, que permite uma visão de 360 graus da cidade. Antes de tomar o elevador Sky Shuttle para ir ao observatório, não deixe de ver a exposição permanente de fotografias e objetos no mezzanino (após chegar ao topo, não é possível voltar para ver a exposição). A plataforma de observação do 70º andar abre diariamente, permitindo paisagens de cartão postal do Empire State Building e da Estátua da Liberdade, ao sul, e do Central Park, ao norte. O observatório proporciona a incrível sensação de estar nas nuvens da capital do mundo e o melhor período do dia para essa visita é à tardinha, para apreciar o pôr do sol e o anoitecer de Manhattan. E, pode acreditar, esses dois momentos serão de tirar o fôlego.  Rockefeller Plaza, 45.
Ingressos online estão disponíveis para todas as atrações e algumas estão incluídas no CityPass de Nova Iorque. 

Noite em Midtown
O Rockefeller Center é um ótimo lugar para finalizar o dia. Podes ficar até mais tarde para apreciar a movimentação do local, experimentar a famosa pizza de Nova Iorque, assistir a um espetáculo no Radio City Music Hall (mas não se esqueça de providenciar os bilhetes com antecedência), ou simplesmente passear e/ou fazer compras na Quinta Avenida de Nova Iorque. 
Outra boa opção é o Bryant Park, onde a noite é muito animada. Tem muitos quiosques com comidinhas diversas, cadeiras e mesas, música, apresentações e muita circulação de pessoas. 
Ellen’s Stadust Diner - $$ - $$$ - 1650 Broadway - Não se assuste com a fila para entrar, ela anda bem rápido e vale a pena a espera. Comida típica americana de ótima qualidade em um ambiente acolhedor. Os empregados são estudantes da Broadway que cantam e dançam fazendo um super show ao vivo. Cada sanduiche sai por volta de US$ 20. 
voltar: 
A região é atendida pelas linhas de Metrô  7 (5ª Av Bryant Park);  N, Q, R, W (Times Square 42 St); A, C, E  (42 St Port Authority);  D,B,F,M (42 St Bryant Park).
Linhas de autocarros: Sentido Downtown/Uptown: M1; M2; M3 (ao longo da 5ª Av) e sentido Esat/West: M42 (ao longo da Rua 42).
Descendo até Herald Square (sentido Downtown, pela Sétima Avenida), na Rua 34, também encontrarás as linhas de metro 1, 2, 3, 5 . 

ROTEIRO 2 – DOWNTOWN / BATERY PARK / LADY LIBERTY / WALL STREET
Estátua da Liberdade, Ilha da Liberdade, Nova Iorque
Como chegar: A região é atendida pelas linhas de Metro  2, 3 (desça em Park Pl. Station); 4, 5 6
(desça em Brooklyn Bridge); A, C, E (desça em Chambers St);   N, R, W (desça em City Hall). Faça baldeação se for necessário.
Memorial 11 de Setembro – Rua Greenwich, 180 - Relacionado aos ataques terroristas de 2001 em Nova Iorque, o Memorial Nacional 11 de Setembro foi construído no lugar do World Trade Center. Destaque para os espelhos d’água instalados no local onde ficavam as antigas Torres Gêmeas.
World Trade Center Transportation Hub – Bem em frente ao Memorial 11 de Setembro. Uma Estação para diferentes formas de transporte da cidade de Nova Iorque e que também abriga um grande Shopping Center. Após os ataques de 11 de setembro, esta área ficou completamente devastada. A reconstrução na região começou logo em seguida e, em 2016, este processo foi coroado com a abertura da impressionante parte externa do complexo da estação, chamada Oculus e que representa um pássaro. Um salão imenso, totalmente coberto de mármore branco, com o saguão situado parcialmente embaixo do Memorial 11 de Setembro. No teto da Oculus, há uma pequena abertura onde, através dela, em todo 11 de setembro, às 10h28, o sol brilha diretamente, iluminando a parte de dentro – este foi o horário exato em que a segunda das Torres Gêmeas caiu em 2001.
One World Trade Observation Deck – Rua Fulton, 285. A experiência começa antes que chegues aos decks de observação, com uma subida memorável de elevador que mostra as mudanças do skyline de Nova Iorque desde 1500 até hoje. O observatório está no 100° andar, com uma vista de 360 graus que inclui a Estátua da Liberdade, a Ponte do Brooklyn, e todo o horizonte da ilha de Manhattan. No andar 101 há três opções de lugares para refeição, incluindo um café casual. $ 37 por pessoa. Sugerimos comprar seus tickets com antecedência, dependendo da época é bem concorrido. 
Le District – $$ - $$$ - Rua Liberty, 225 – É só atravessar a larga avenida em frente ao One World Trade Center. Dedicado à culinária francesa e localizado dentro do shopping Brookfield Place em Nova Iorque, o Le District é um mercado gastronômico dividido em distritos. “Distrito do Café”, 
“Distrito do mercado”, que lembra as ruas de Paris, “Distrito do Jardim”, uma grande área com legumes, verduras e frutas de primeira qualidade. Na parte externa, vista espetacular do Rio Hudson e do Battery Park. Mais do que um mercado gourmet, o Le District é “uma experiência cultural”. 
Battery Park - Localizado a beira da baía de Nova Iorque, o parque encanta por sua beleza e paisagens incríveis e é o ponto de partida das balsas para Staten Island, Ellis Island e Liberty Island. Além disso, possui monumentos importantes espalhados por toda a sua extensão, como por exemplo, partes do Muro de Berlim; a estátua de bronze The Sphere, uma peça de 22 toneladas que ficava na praça interna do World Trade Center e que agora fica em uma área do parque em homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro. Há também o Memorial da Fome Irlandesa que faz referência a mais de um milhão de pessoas que morreram como resultado da fome na Irlanda entre 1845 e 1852. O memorial contém pedras de condados irlandeses e representa uma paisagem rural da Irlanda, com uma casa de pedra abandonada e campos improdutivos. 
No Castle Clinton, dentro do parque, podes comprar os ingressos para o passeio à Estátua da Liberdade. Se fores utilizar o CityPass de Nova Iorque, também é no Castle Clinton que trocas o voucher pelo bilhete. O Battery Park abre todos os dias e a entrada é grátis.
A seguir serão apresentadas duas opções para a Estátua da Liberdade de Nova Iorque que têm como ponto de partida e chegada as proximidades do Battery Park. Ao deixar o Le District, saia pelo lado do parque e vá caminhando por ele até a estação.

Opção 1 - Cruzeiro à Estátua da Liberdade
A Estátua da Liberdade foi um presente d governo francês para os Estados Unidos em comemoração ao centenário da independência norte-americana, no ano de 1876. Atualmente, além de um importante ponto turístico de Nova Iorque, a estátua também é Patrimônio Mundial da UNESCO, por sua importância histórica e cultural. Localizada na Liberty Island, no destrito de Nova Iorque, o seu acesso é realizado através de barcos que operam das 9h às 15h30, com o último retorno às 17h. No verão, o horário inicial é 8h30, com a última ida às 16h30 e último retorno às 18h15. O intervalo entre as balsas varia de 30 a 45 minutos. 
O passeio todo dura cerca de 3 horas e, dependendo do dia, podes esperar mais de 90 minutos para embarcar. Então a melhor dica é ir cedo e evitar filas, balsas cheias, ilha cheia e o estresse de ficar controlando a hora de voltar. Na balsa, o melhor lado para tirar fotos é o direito na ida e o esquerdo na volta.
Neste passeio para a Estátua da Liberdade há uma parada na Ellis Island, onde fica o Museu da Imigração. Poderás descer e conhecer o local. Para aproveitar bem esse passeio, deves embarcar na balsa em Manhattan no mais tardar até às 13h. O museu começa a ser fechado às 16h45, e a última balsa de retorno sai às 17h15. Se embarcares no último barco para a Liberty Island, provavelmente não conseguirá visitar a Ellis Island. 

Opção 2 - Staten Island Ferry
Se quiser ver a Estátua da Liberdade sem visitá-la, mas também fazer algumas fotos incríveis, não apenas da Estátua da Liberdade, mas da linha do horizonte de Manhattan e da Ponte do Brooklyn, faça uma viagem na balsa de Staten Island. O trajeto até St. George, na ilha, tem duração de meia hora e é um dos passeios gratuitos mais interessantes de Nova Iorque, podendo até ser uma boa oportunidade para descansar um pouco. 
A bordo há um café onde podes tomar uma bebida durante o percurso e tudo isso sem ter que encarar filas gigantescas. Para pegar a balsa, siga pelo Battery Park até a estação South Ferry; o terminal é oficialmente chamado de Whitehall Ferry Terminal. Durante a hora do rush a balsa pode ficar cheia, mas nesses horários ela funciona com maior frequência (das 6 às 9h30 e das 15 às 20h, a balsa parte a cada 15 a 20 minutos, nos outros horários parte a cada 30 a 60 minutos). 
Ao embarcar, suba as escadas e vá direto para o lado direito e para a parte de trás. Se as portas do deck traseiro estiverem fechadas, tente abri-las. Terás uma vista maravilhosa para Manhattan e a Estátua da Liberdade. No inverno, essas portas (que na volta estarão na frente do barco) ficam fechadas porque faz muito frio. 
Ao chegar a Staten Island serás obrigado a desembarcar. Caminha um pouco para o lado direito da estação e encontrarás um amplo espaço em um deck dividido em dois níveis. Suba as escadas e tire belas fotos com a balsa e o skyline de Manhattan ao fundo. Depois volte para a estação e pegue a balsa para retornar. Clique aqui e confira os horários. 

DISTRITO FINANCEIRO
Ao desembarcar, já de volta ao Distrito Financeiro de Nova Iorque, em Manhattan, irás caminhar em direção à Broadway, onde se encontra o próximo ponto do nosso roteiro.
Charging Bull – Bowling Green, Broadway, 26 - Segundo a crença popular, esfregar o chifre, o focinho e os testículos do búfalo atrai sorte e dinheiro. O Búfalo de Wall Street também é um símbolo de Nova Iorque e do Centro Financeiro, por representar o otimismo e a agressividade, o “bull market”, mercado de ações em tendência de alta. 
Stone Street – $ - $$ - Culinárias variadas, pubs e uma arquitetura que se assemelha a de uma cidade europeia.  A Pearl Street é uma rua paralela e vale a visita também. 
Wall Street – Coração financeiro da cidade e conhecida em todo o mundo por ser tema e cenário de vários filmes de sucesso. Há diversos walking tours nessa área que recontam sua história.
Stock Exchange de Nova Iorque – Wall Street, 11– É a Bolsa de Valores de Nova Iorque, desde 1817. Infelizmente não é permitida a visita ao interior do prédio, mas não deixe de tirar fotos em frente à capital mundial do mercado financeiro. 
Federal Hall - Wall Street, 26 – No local há um pequeno museu com a história da cidade após o período colonial. A enorme estátua de George Washington fica em frente ao prédio, onde ele foi empossado em 1789 como primeiro Presidente dos Estados Unidos.
Bem em frente, no Banco da Reserva Federal de Nova Iorque também há passeios guiados gratuitos que precisam ser reservados com pelo menos uma semana de antecedência e lá podes entrar no cofre que guarda mais de 10 mil toneladas de ouro, ver uma coleção de moedas e uma mostra com dinheiro falso. Os passeios guiados acontecem de segunda a sexta, seis vezes por dia. 
TJ MAXX – Wall Street, 14 – Downtown - Do mesmo grupo da Marshalls. É possível encontrar praticamente os mesmos tipos de itens e marcas nas duas lojas, inclusive os Gift Cards de uma loja, podem ser usados na outra.  . 
Trinity Church – Broadway, 89, em frente à Wall Street - É a Igreja Anglicana mais antiga dos Estados Unidos, construída em estilo gótico, em 1846. Também possui anexo um cemitério muito antigo, onde estão enterradas pessoas que fizeram parte da história do país.
St. Paul's Chapel – Broadway, 209 – Datada de 1766, esta igreja sobreviveu a diversos eventos como o Grande Incêndio de 1776 e também aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Em frente à entrada da capela está o “Sino da Esperança” que foi um presente dado pelo Prefeito de Londres para a cidade de Nova Iorque em 11 de setembro de 2002 em homenagem aos ataques do ano anterior. 
City Hall – Logo depois da St. Paul’s, seguindo a Broadway. É a prefeitura de Nova Iorque. O prédio é muito bonito e o jardim também, proporcionando belas fotos. O passeio guiado, gratuito, tem que ser reservado com antecedência e leva os visitantes ao hall de mármore onde fica a cúpula e a sala de governo. 
Century 21 – Rua Dey, 21 - Mega loja de departamento, bem próxima do Memorial 9/11. Com produtos de marcas famosas por preços de outlet, é uma das opções para quem quer ir às compras, mas não tem tempo de ir aos outlets de Nova Jersey ou Woodbury. 
Opções para Noite
W Downtown Rooftop Bar - $$ - $$$ - Situado ao lado do One World Trade Center, com uma bela vista do Centro Financeiro da cidade de Nova Iorque. 

NOITE EM TIMES SQUARE

Perca-se no meio das luzes e da agitação de Times Square, mas não perca de vista os melhores pontos do local: 
R Lounge - $$ - $$$ - Situado no Renaissance Hotel, entre a Rua 48 e a Sétima Avenida, sem dúvida, a vista panorâmica da “esquina do mundo” é inacreditável. Acima das multidões e da loucura de Times Square, uma visão escondida e espetacular das luzes brilhantes e dos táxis amarelos! Abre às 21h.
Hard Rock Cafe – $$ - $$$ - Como tudo em Times Square, é bem movimentado e com localização excelente. Merece uma visita. 
M&M’s World – Com uma seção exclusiva de Nova Iorque como tema. Impossível sair da loja sem comprar algo diferente. Broadway, 1600. 
Hershey's Chocolate World – Uma perdição para os chocólatras, na Rua 48 com a Broadway.
Disney Store – Uma loja muito divertida com as coleções da Disney. Broadway, 1540. 
Planet Hollywod - $$ - $$$ - Bem ao lado da Disney Store - Clima de cinema, desde as roupas e objetos usados em filmes famosos, à trilha sonora. Cardápio com boas opções e bons preços. 
City Kitchen - $ - No segundo andar do Hotel Row NYC, o City Kitchen oferece comida mexicana, japonesa, americana, sanduíches e doces maravilhosos. Pertinho de Times Square, o acesso ao City Kitchen é realizado através de uma portinha na calçada que quase passa despercebida. Aberto das 6h30 às 21h. 
Cake Boss Store (Carlo’s Bakery) – $$ - $$$ - Quem ama doces e bolos provavelmente já ouviu falar de Bartolo “Buddy” Valastro, a figura principal do reality show Cake Boss, que passa na TLC. O programa mostra a vida da família italo-americana que comprou a Carlo’s Bakery Shop do seu dono original em 1964 e transformou o negócio da família num sucesso mundial. 

ROTEIRO 3 – BROOKLYN / FLATIRON DISTRICT / EMPIRE STATE / MSG 
Ponte de Brooklyn, Brooklyn, Nova Iorque, EUA

Se tiveres interesse em assistir a um jogo ou espetáculo no Madison Square Garden, esse é o dia. 
Manhã em DUMBO
Para chegar em DUMBO, no Brooklyn, o transporte mais divertido e que oferece as mais belas paisagens é o East River Ferry, que tem diversos pontos de parada em Manhattan. Custa US$ 4 durante a semana e US$ 6 nos sábados, domingos e feriados, não importa onde desces. Vais navegar pelo Rio East, entre Midtown e o Distrito Financeiro, com direito a passar por baixo de três pontes: Brooklyn,
Manhattan e Williamsburg. 
O East River Ferry oferece diversos pontos de embarque em Manhattan, e os primeiros horários são a partir de 6h:20 (com saídas de 20 em 20 minutos ao longo do dia). Clique aqui e confira todos os horários e pontos para embarque e desembarque. Para esse roteiro, vais embarcar no píer que for mais próximo do local em que estará hospedado e desembarcar em DUMBO.

DUMBO - BROOKLYN
Logo ao desembarcar, nas redondezas de DUMBO,vais encontrar alguns ícones turísticos de Nova Iorque: o River Café ($$$$ - Rua Water, 1), a beira do Rio East, bem ao lado do píer do East River Ferry, um dos restaurantes preferidos para fazer propostas de casamento, exige traje social completo; a Brooklyn Ice Cream Factory ($ - Rua Water, 1), sorvetes maravilhosos; a Pizzaria Grimaldi's ($$ - Rua Front, 1), excelente pizza, mas sempre com filas; o Shake Shak ($$ - Rua Old Fulton, 1), um saboroso hambúrguer e o Jane´s Carousel (Brooklyn Bridge Park, Rua Dock), um deslumbrante Carrossel dos anos 20, às margens do Rio East, dentro de uma estrutura de vidro que permite passear no carrossel mesmo em dias mais frios. Originalmente construído em 1922, foi reinaugurado no Brooklyn Bridge Park em 2011, após passar quase 30 anos sendo restaurado. Em dias claros e com temperaturas amenas fica ainda melhor e, de quebra, observas uma vista maravilhosa para a cidade de Manhattan, Nova Iorque! E, em frente ao Carrossel, o West Elm Corporate Offices, um prédio de tijolos vermelhos com acesso até a cobertura para uma vista privilegiada. O local também oferece toaletes, bebedouros e espreguiçadeiras para descanso e observação do skyline de Manhattan.
Não deixe de fotografar a DUMBO Bridge View, a rua favorita para fotos em DUMBO. A foto clássica: Rua Washington, no cruzamento com a Rua Water com a Ponte Manhattan ao fundo.

Depois das fotos, siga a Rua Water, em direção à Ponte do Brooklyn, no sentido contrário ao da Ponte Manhattan, e vais começar a ver placas apontando para a travessia da Ponte do Brooklyn (se for um dia bonito, é só seguir o fluxo de pessoas nessa direção, não tem como se perder). Suba as escadas e, em meia hora, sem muito esforço, terás atravessado a Ponte do Brooklyn e visto Manhattan de um belíssimo ângulo.
Travessia da Brooklyn Bridge em Nova Iorque - A travessia leva mais ou menos 20 a 40 minutos de caminhada, incluindo paradas para fotos e compras. Nas extremidades da ponte, além de diversas estações de metrô, ambulantes oferecem as tradicionais lembranças de Nova Iorque com bons preços. 
Caso não queira fazer a travessia a pé, faça de táxi. Depois, desça no City Hall, para pegar o metrô ou siga no táxi direto para o Union Square, nosso próximo destino.  
Ao descer da Ponte do Brooklyn, estarás na região do City Hall, em Downtown. Em Brooklyn Bridge City Hall Station, pegue o Metro  4, 5 ou 6 , sentido Uptown. Desça em 14 Street - Union Square Station, 5 min (sem paradas).

Tarde e Noite no Flatiron District, em Nova Iorque
Ao descer do metrô, estarás na Union Square, uma praça localizada entre as Ruas 14 e 17, ao longo da Avenida Park. O ambiente é agradável, com muito movimento e muitas lojas ao redor (Best Buy, Forever 21, Burlington, e outras). Dê uma volta pelas ruas em torno da praça para ver as lojas.
Antes ou depois de circular pela praça e pelas lojas, siga no sentido Uptown de Nova Iorque até a Rua 17, onde vais dobrar à esquerda, para conhecer o Union Faire Gastrohall ($$ - 7 E 17th St), um mercado gastronômico com grande variedade de quiosques divididos em categorias como Salada, Italiano/Pizza, Raw Bar (onde frutos do mar vivos são escolhidos na hora para o preparo dos pratos), Assados/Sopas, Charcuterie (salsicharia). Tem até mesmo um que é completamente dedicado ao Hawaiian raw-atum, prato conhecido como poké havaiano (parente do sashimi e do ceviche, peixe cru, cortado em cubos, temperado e servido numa tigela). 
O ambiente rústico, com paredes de tijolos expostos, completa o charme do local. Imperdível: Union Fare Bakery - $$ - Saborosos croissants de crème brulee, red velvet, birthday cake e fruity pebbles. 
Ao sair do Union Fare, siga pela Rua 17, à esquerda, até a Park Ave e vire à esquerda novamente, seguindo até a Rua 20. Esse trecho, compreendido entre a Park e a Quinta Avenida, é conhecido como Ladies’ Mile Historic District por sua arquitetura do século 19. Na Rua 20, vais dobrar à esquerda, no bairro Gramercy, um dos momentos urbanos mais agradáveis de Nova Iorque. No número 42 verás a lendária Gramercy Tavern, ($$$$) restaurante super badalado de Nova Iorque e estrelado no guia Michelin. Se quiseres, poderás voltar à noite para o jantar. O ambiente é fantástico, muito bem frequentado por um pessoal descolado e o bar é espetacular. Eles oferecem um elogiado menu degustação (em torno de US$ 160 por pessoa), mas, podes comer apenas um hambúrguer (um dos melhores em Nova Iorque), no balcão, acompanhado de um drink. Mas chegue cedo, o restaurante está sempre lotado. 
Continua pela Quinta Avenida de Nova Iorque, sentido Uptown, até o Madison Square Park que abriga um dos fast-foods mais famosos da cidade, o Shake Shack ($$), com ótimos hambúrgueres. Mas reserva espaço para a sobremesa ou, se preferir, deixe para fazer a refeição completa no Eataly, no número 200 da Quinta Avenida. Com pegada italiana, o local oferece várias opções de bares e restaurantes, e os doces são fantásticos, especialmente os canollis. Para quem gosta de cerveja, o Birreria ($$), no terraço do Eataly, é uma cervejaria e restaurante com vista privilegiada para o Flatiron Building. 
Empire State – Quinta Avenida, 350 – Se decidires subir verifique antes o tamanho da fila. Em períodos de alta temporada, elas costumam ser enormes e tomar muito tempo. Lembrese que, no Top of the Rock, as filas são muito menores e de lá podes apreciar e fotografar o Empire State.

Nesse ponto estarás próximo ao Herald Square, uma praça localizada na interseção da Broadway com a Sexta Avenida (oficialmente nomeada Avenida das Américas) e com as Ruas 34 e 35.   O que chama atenção no local é a quantidade de ótimas lojas nos arredores, como H&M, GAP, Uniqlo, Aeropostale, Zara, Sephora, Vitoria Secret, Forever 21, Duane Reade, FAO Schwarz (a loja de brinquedos famosa pelo tapete de piano que pode ser tocado pelos pés e que apareceu no filme “Quero ser grande”) etc, além da Macy’s, na Rua 34, considerada a maior do mundo, com 11 andares, cada um com um foco distinto: cosméticos, acessórios, roupas femininas, roupas masculinas, calçados, malas etc. Na Macy’s, estrangeiros que apresentam o documento de identificação expedido fora dos EUA ganham 10% de desconto. 
Opções para Noite
230 Rooftop – $$ - Quinta Avenida, 230 - Outro momento inesquecível. Vais ter que retornar algumas quadras da Quinta Avenida, mas esse Rooftop é imperdível, e a vista para o Empire State é de tirar o folego. Principalmente ao entardecer/anoitecer, quando o edifício vai se iluminando em cores diversas. O bar oferece drinks e petiscos e, caso esteja fazendo frio, também oferece divertidos casacos vermelhos com capuz. Se tiveres bilhetes para o Madison Square Garden fique por lá até a hora do jogo.
Local West - $$ - 1 Penn Plaza, Rua 33 e Oitava Avenida - Bar/café situado ao lado do Madison Square Garden, com ambiente descontraído, cardápio mexicano e americano, espaço indoor e outdoor. É muito frequentado por nova-iorquinos que trabalham naquela região e também é uma ótima pedida para dias de jogos de basquete ou hockey, que acontecem no Madison Square Garden. Assim, podes experimentar um pouquinho do clima vibrante que toma conta da cidade quando as equipa de Nova Iorque estão a jogar. 
Madison Square Garden – Também conhecido como MSG ou The Garden, é um complexo de quatro arenas onde são realizados shows e eventos esportivos de basquete e hóquei no gelo. A possibilidade de assistir a um jogo da NBA e de conhecer o Madison Square Garden por dentro já faz valer os ingressos, que podem ser adquiridos na bilheteria do estádio ou pela internet. Recomendamos adquirir ingressos com antecedência e evitar os cambistas. Confira aqui eventos e ingressos. 

GUIA PARA MUSEUS EM NOVA IORQUE
Se gostas muito de museus e prefere reservar uma manhã, uma tarde ou um dia para visitá-los, preparamos esse pequeno guia com os melhores museus da cidade de Nova Iorque.
Museum Mile - A região da Quinta Avenida, no Upper East Side, conhecida como “quilômetro dos museus”, oferece muitas opções culturais e artísticas e é onde estão alguns dos mais importantes museus de Nova Iorque. Basta caminhar por esse quilômetro cultural e aproveitar as atrações que estão no caminho, como a National Academy of Design, o Cooper Hewitt National Design Museum, o Frick Collection, o Museum of The City de Nova Iorque, The Jewish Museum e, claro, o MET (Metropolitan Museum of Art) e o Guggenheim, todos ao longo da Quinta Avenida, entre as ruas 70 e 104. Se tiveres intenção de visitar algum desses museus, esse é o momento, mas reserve pelo menos três horas para cada visita. Nesse roteiro, vamos destacar os dois mais famosos: O Guggenheim e o Metropolitan. Podes escolher entre um ou outro ou visitar os dois.
Como Chegar: A região é atendida pelas linhas de Metrô   (86 St). Faça baldeação se necessário.

MUSEU SOLOMON R. GUGGENHEIM
O Guggenheim está localizado em um dos mais importantes e charmosos endereços de Nova Iorque: na Quinta Avenida, nº 1071, na esquina com a Rua 89, em frente ao Central Park, no Upper East Side. 
Horários: O museu fecha às quintas-feiras. Nos outros dias, abre de 10h às 17h45. Aos sábados, entre 10h e 19h45. 
Bilhetes: US$22. Pessoas com mais de 65 anos pagam US$18. Crianças de até 12 anos não pagam. Um audioguia está incluído no valor do ingresso.  
Uma dica interessante é que aos sábados, das 17h45 às 19h45, o valor da entrada é sugerido. Assim, podes pagar um preço que achar justo. A visita ao museu está incluída no CityPass de Nova Iorque. Mas deverás escolher esta atração OU a subida ao Top of the Rock. 

PLANO:
Obra prima da arquitetura moderna, o Guggenheim nasceu a partir da coleção de Solomon Guggenheim. Além das obras de seu interior, uma coisa que chama a atenção nesse museu é sua arquitetura em espiral; o edifício tem curvas muito características e inspiradoras, visíveis tanto de dentro como de fora, proporcionando um ótimo cenário para fotografias.
Um jeito legal de conhecer o museu é subir até o último andar pelo elevador e descer lentamente pelas grandes rampas tortuosas que se elevam do solo até a cúpula. 
A coleção permanente, com obras muito conhecidas, encontra-se no segundo piso, onde está localizada a Coleção Thannhauser. Doada ao museu pela família Thannhauser, que era formada por grandes colecionadores de arte, a coleção possui obras de Cézanne, Gauguin, Picasso, Monet, Katherine S. Dreier  e Van Gogh, entre outros, e é uma das partes mais concorridas do Guggenheim. 
Outra galeria importante é a que abriga a Coleção Kandinsky, no terceiro andar. Nela é possível ter acesso a um acervo amplo e variado das obras desse importante artista russo, que é um dos grandes nomes da arte contemporânea. 
Durante a visita, podes dar uma pausa para um café ou cappuccino com uma fatia de torta, na Cafe 3, a cafeteria que funciona dentro do Museu. E também vai apreciar uma bela paisagem, pois estará bem ao lado do Central Park.
As filas no Guggenheim não são grandes. 
Guggenheim Museum Store - Na loja do Guggenheim, que fica dentro do Museu, encontrará artigos de design e criativos presentes de Nova Iorque. 
Ao sair do Guggenheim, podes entrar rapidamente no Central Park, pela entrada da Rua 90, e apreciar o lago que homenageia Jackeline Kennedy e é uma bela paisagem em qualquer época do ano.
Para ir do Guggenheim para o Metropolitan, caminhe no sentido sul (Downtown), por mais ou menos 5 minutos. Os dois Museus ficam pertinho um do outro, no Upper East Side.

METROPOLITAN MUSEUM OF ART DE NOVA IORQUE
Metropolitan Museum of Art - Met - Quinta Avenida, 1000 - Upper East Side. Preço sugerido, pagas quanto quiser para entrar. Pertinho do Guggenheim.
Horários: de Segunda a Quinta, de 10 às 5h30. Sextas e Sábados, de 10 às 21h. Domingos, de 10 às 17h30.
O Met é um dos maiores e mais importantes museus de arte do mundo. Por isso, ao entrar no museu, não se esqueça de pegar um mapa, que indicará onde estão as galerias que consideras mais interessantes. Para maior aproveitamento do tempo, uma alternativa é visitálo na sexta feira ou sábado, quando fica aberto até 21h. Como o Metropolitan é imenso, visite o site do Museu e faça uma programação prévia com suas preferências e o que quer ver. Clique aqui. 
Dica: Não deixe de subir até o terraço do museu, onde há uma cafeteria chamada Roof Garden Cafe. Além de ter um clima agradável e tipicamente nova-iorquino, o local também oferece aos visitantes uma vista incrível da região, incluindo uma parte do Central Park. 
Há snack-bars e restaurantes dentro do museu. $$

PLANO:
Com CityPass, podes alugar sem nenhum custo o Audio Guide. 
No primeiro andar estão as alas: Norte-Americana; África, Oceania e Américas; Armas e Armaduras; Arte Egípcia; Esculturas Europeias e Artes Decorativas; Arte Grega e Romana; Arte Medieval; Arte Contemporânea; e a Coleção Robert Lehman. 
Partindo do Great Hall, na entrada principal, siga rumo às Galerias Egípcias e dirija-se ao impressionante Templo de Dendur (galeria 131), a réplica de um templo do Egito completo, que foi presente do governo egípcio, e está localizado no primeiro andar. Visite o Pátio de Charles Engel Hard, um átrio iluminado pelo sol, com esculturas e galerias dedicadas às armas e armaduras. 
Volte para a ala Norte-Americana e vá ao segundo andar onde ficam outras exibições dos departamentos dos Estados Unidos; Arte Grega e Romana; e Arte Contemporânea, além das alas: Oriente Próximo; Oriente Médio; Ásia; Desenhos e Pinturas; Pinturas europeias; Música; Fotografia; Esculturas e Pinturas dos séculos 18 e 19. Esse andar também possui um impressionante acervo de mestres europeus como Monet, Cézanne, El Greco, Rembrandt, Van Gogh, entre outros. Não deixe de apreciar as obras de Caravaggio (galeria 621), especialmente A Negação de São Pedro.
Ainda no segundo andar, nas galerias de arte islâmica, destaca-se um trabalhado Mihrab ou Nicho de Oração (galeria 455). Ao lado, está um pátio medieval marroquino, com uma fonte. Nas proximidades estão obras de Monet, Renoir, Van Gogh e Gauguin. Entre as diversas obras de Picasso, não perca a Refeição do Homem Cego (galeria 830). 
Desça as escadas e siga até a ala da Oceânia para apreciar a vívida arte da Nova Guiné e região. Observe os adereços tribais e aprecie os escudos que forram o teto. Na maior galeria está o sarcófago de mármore Triunfo de Dionísio e as Estações (galeria 162).
Atenção: Não são permitidos alimentos e bebidas nas galerias. É permitido somente garrafas de água de plástico. Não é permitido usar câmeras fotográficas com flash nem vídeo câmeras no interior do museu. É proibido usar canetas nas galerias. Todos os pacotes e mochilas devem ser deixados no guarda-volumes. Evite esperar em longas filas deixando mochilas e pacotes em casa. Estão liberados casacos e guarda-chuvas pequenos.
Aberto todos os dias da semana – Domingo a Quinta: 10h às 17h30* - Sextas e Sábados: 10h às 21h*.   
Ação de Graças (Thanksgiving), Natal (25/12), 1º de Janeiro, e na primeira segunda feira de maio: FECHADO. 
As Galerias são desocupadas quinze minutos antes de fechar.

MUSEU AMERICANO DE HISTÓRIA NATURAL DE NOVA IORQUE
American Museum of Natural History – Central Park West, próximo à Rua 79 - Upper West Side. 
Como chegar: Metrô  . Desça na Estação da 81 St - Museum of Natural History. Faça baldeação se for necessário.
Horário: 10h às 17h45 - Preço sugerido, pagas quanto quiser para entrar. Ao entrar no Museu, não se esqueça de pegar o mapa.
CityPass de Nova Iorque – Dá direito ao Museu + Rose Center for Earth and Space + Exibição Especial + Hayden Planetarium Space Show + Desconto para o filme IMAX.

PLANO:
Show do Planetarium - Assim que comprar o seu ingresso, já reserve o horário para fazer o planetário, pois é uma atração bem concorrida. O Hayden Planetarium está localizado anexo ao Museu e possui um dos projetores mais avançados do mundo, sendo capaz de recriar o espaço, os planetas e as estrelas com um realismo impressionante. O Space Show dura cerca de meia-hora e conta a história do universo desde o Big Bang até hoje, oferecendo uma verdadeira viagem pelo espaço, com observação dos planetas, do Sol, de todo nosso sistema solar e do universo, através de uma perspetiva única. 
No andar Térreo, encontram-se as galerias Hall of The Universe e Rose Center for Earth and Space e, entre 10h30 e 16h30, a cada meia hora, pode-se apreciar os segredos e as maravilhas do cosmo, na exposição chamada Dark Universe.
No primeiro andar encontramos a galeria Milstein Hall of Ocean Life, com a réplica impressionante da baleia azul de 28m, a galeria Planeta Terra, e o acesso ao Hayden Planetarium. No segundo andar, que é também o piso de entrada, estão as galerias Big Bang Theater e Scales of the Universe e, no quarto andar, Dinossauros - Tiranossauro Rex.  Fique ligado na trilha no chão, que direciona através da evolução das espécies. 
Visite o terceiro piso somente se tiver tempo e disposição.
O museu possui um App chamado Explorer que funciona como uma verdadeira bússola, permitindo que localize as atrações e tem acesso a informações adicionais sobre as peças.  No subsolo há uma praça de alimentação. Há também alguns cafés espalhados pelos andares e várias lojinhas temáticas. Fotografias só são permitidas para uso pessoal e sem tripé. Em alguns lugares também não podes tirar fotos com flash. Em dias frios, podes deixar seu casaco no Coat Check por US$ 2 por pessoa.  
As Galerias são desocupadas quinze minutos antes de fechar.
Museu Americano de História Natural
INTREPID SEA, AIR AND SPACE MUSEUM/ PASSEIO DE BARCO / HELL’S KITCHEN
Como Chegar: A região é atendida pelas linhas de Metrô de Times Square:  1, 2, 5, A, C, E (50 St Station);   B, D (7th Av); N, Q, R, W (49 St);  F (57 St).
Autocarro:  M50, na Rua 49, sentido West Side 42 St Pier Crosstown, desce em 12 Av/w 46
St.
Intrepid Sea, Air and Space Museum – Localizado dentro de um antigo porta-aviões norteamericano, o Intrepid é uma atração diferente e interativa, na qual os visitantes podem conhecer mais sobre a marinha e a aeronáutica dos EUA. É um dos museus mais populares do mundo sobre o tema.
Horários: 
Primavera/Verão (de 1º de Abril a 31 de Outubro) - Terça a Sexta, das 10 às 17h / Sábados, domingos e feriados, das 10 às 18h.
Outono/Inverno (de 1º de Novembro a 31 de Março) - Terça a Domingo (incluindo feriados), das 10 às 17h.
Segundas-Feiras: FECHADO / Dia de Ação de Graças (Thanksgiving): FECHADO / Natal (25/12): FECHADO.
Preço: Entrada incluída no CityPass de Nova Iorque / General Admission With Space Shuttle Pavilion: US$ 30.00. Clique aqui e veja todas as opções.  Atenção: menores de 16 anos só podem entrar se acompanhados por um responsável.

PLANO:
O grande destaque fica por conta do Space Shuttle Pavilion, onde está em exposição o Enterprise, que foi o primeiro autocarro espacial do mundo. Além de descobrir mais sobre a história do autocarro espacial, o visitante também tem acesso ao seu interior, uma experiência especialmente divertida, tanto para as crianças quanto para os adultos. Além disso, a exposição inclui mais de 30 aviões, entre eles o super veloz A-12 Blackbird e um modelo luxuoso da linha Concorde. Outra excelente atração é o submarino de guerra USS Growler, que também pode ser observado em detalhes. Após observar as aeronaves e o submarino, os visitantes também podem conhecer a seção de simuladores do museu, que são considerados os melhores de Nova Iorque, incluindo o G-Force Encounter, um simulador de jato supersônico, e o XD Theater, de tecnologia 4D, que proporciona uma experiência interativa e única.
Para Voltar: 

GUIA DE COMPRAS EM MANHATTAN, NOVA IORQUE
Fazer compras pode até não ser o objetivo principal da sua viagem, mas a gente reconhece que não dá para resistir. Com centenas de lojas espalhadas por toda a cidade, Nova Iorque é um shopping a céu aberto, com excelentes opções e preços. 

LOJAS DE DEPARTAMENTOS EM NOVA IORQUE
Se queres ir às compras, mas tem pouco tempo disponível, a melhor estratégia é tentar encontrar tudo no mesmo lugar e, nesse caso, o ideal é ir a uma loja de departamentos. São dezenas delas em Manhattan, desde as mais chiques com marcas de designers europeus, como lojas de desconto e também de marcas populares. 
Comece passando na Century 21, que é praticamente um outlet e vende produtos de boas marcas por preços bem inferiores aos das lojas convencionais. É possível encontrar boas marcas com desconto em acessórios, sapatos, roupas de cama e mais. Ótima para comprar perfumes e roupas. Também oferece uma enorme variedade de sapatos de marcas com até 70% de descontos. 
Macy’s - Considerada a maior do mundo, com 11 andares, cada um com um foco distinto: cosméticos, acessórios, roupas femininas, roupas masculinas, calçados, malas etc. Na Macy’s, estrangeiros que apresentam o documento de identificação expedido fora dos EUA ganham 10% de desconto. 
Marshalls – Artigos de marca a preços com desconto, que costumam ser melhores que nos outlets. É ótima para comprar roupas masculinas, gravatas, roupas para crianças, brinquedos, livros infantis, bolsas, casacos, sapatos. Se tiveres paciência, pode encontrar ótimas promoções em roupas femininas e na seção de perfumes (originais!). É excelente quando tens que comprar presentes para várias pessoas e tem pouco tempo, porque encontra tudo no mesmo lugar. 
TJ Maxx – Do mesmo grupo da Marshalls e segue a mesma filosofia. É possível encontrar praticamente os mesmos tipos de itens e marcas nas duas lojas, inclusive os Gift Cards de uma loja, podem ser usados na outra. 
Burlington Coat Factory - Roupas com excelente preço e qualidade. Grande variedade de produtos como roupas, acessórios, sapatos, cama, mesa e banho. 4 Union Square East.
Outras Lojas de Departamento em Nova Iorque: Lord and Taylor – Quinta Avenida, 424– Midtown / Barneys Nova Iorque - Avenida Madison, 660 – Midtown / / K-Mart - Rua 34 West, 250 – Madison Square Garden / Bergdorf Goodman – Quinta Avenida, 754 – Midtown / Saks Fifth Avenue  - Quinta Avenida, 611 – Midtown. 

TIMES SQUARE e HAROLD SQUARE
As duas regiões estão sempre lotadas de turistas, mas são bons locais para fazer compras e reúnem as principais lojas de departamentos. Em Times Square, as lojas costumam fechar depois da meia-noite. 

UNION SQUARE e SOHO
Se preferires mais tranquilidade na hora das compras, vá para Union Square e/ou SoHo. As duas regiões possuem excelentes lojas de marcas e de departamentos.

PRODUTOS DE BELEZA E MAQUIAGEM
A maior parte das lojas de departamento como Macy’s, Bloomingdale’s, Lord and Taylor, tem seção de produtos de beleza e maquiagem, mas há lojas de marcas especializadas:
Sephora, MAC Cosmetics, Inglot, Rick’s, A Victoria's Secret & Pink - Quinta Avenida, 105, 565 – SoHo - Tem seções dedicadas só a produtos de beleza, entre maquiagem, bronzeadores e fragrâncias. Combos para quem precisa trazer presentinhos para as amigas. 
É possível também encontrar maquiagem e produtos de beleza nas farmácias Walgreens, Rite Aid, Duane Reade, CVS.


E tu, já planeaste a tua própria viagem? Aproveita, porque o melhor da vida é viajar!

Não percas este artigo que podes gostar de ler:
Como organizar a minha viagem?


Comentários